Publicado em Deixe um comentário

Sistema de Estabilização de Imagem na XF 18 – 55 F2.8 – 4 R LM OIS

Cabo Raso, Cascais, Portugal. ISO 200, F14, 1/10s. Fujifilm X-T2 com Fujinon XF 18-55 F2.8-4 R LM OIS | Fotografia de JoaoLamares

Hoje resolvi tes­tar o sis­tema de esta­bi­liza­ção de imagem da min­ha Fuji­film Fuji­non XF 18 – 55 F2.8 – 4 R LM OIS. A Fuji­film anún­cia que o sis­tema per­mite gan­har 3,5 diafrag­mas (3,5 stops) na veloci­dade de exposição.

Con­fig­urei a X‑T2 para 200 ISO e obtu­rador eletróni­co (este obtu­rador não per­mite descer abaixo dos 200 ISO) e colo­quei um fil­tro de den­si­dade neu­tra PRO ND 16 da Hoya que me per­mite escure­cer a imagem em 4 diafrag­mas (caso con­trário nun­ca con­seguiria descer a veloci­dade de obtu­ração abaixo de 1/60s). Como a obje­ti­va é leve par­ti do princí­pio de que a veloci­dade mín­i­ma da 18 – 55 seria 1/125s pelo que 3, 5 diafrag­mas para menos seria… entre 1/8 e 1/15. Escol­hi 1/10.

Con­tin­uar a ler Sis­tema de Esta­bi­liza­ção de Imagem na XF 18 – 55 F2.8 – 4 R LM OIS
Publicado em Deixe um comentário

Breve experiência com a Fujifilm Fujinon XF 90mm F2.0 R LM WR

A PM2S para além de dar assistên­cia téc­ni­ca à Fuji­film, tam­bém vende mate­r­i­al da mar­ca japone­sa a preços muito em con­ta.

O mate­r­i­al disponi­bi­liza­do online é, na sua maio­r­ia, mate­r­i­al novo que foi reti­ra­do das caixas para demon­stração ou testes, mas que, na ver­dade nun­ca foi uti­liza­do. Tam­bém pode acon­te­cer ser mate­r­i­al usa­do ou recondi­ciona­do. Em qual­quer dos casos o mate­r­i­al disponi­bi­liza­do foi revis­to e traz algum tipo de garan­tia (no caso do mate­r­i­al que ape­nas foi reti­ra­do das caixas, é ofer­e­ci­da uma garan­tia de 3 anos). Os preços são uma agradáv­el sur­pre­sa.

Quero que fique esclare­ci­do que a razão de escr­ev­er este arti­go prende-se ape­nas com a par­til­ha da min­ha exper­iên­cia com a XF 90 F2LM WR. Este arti­go não foi encomen­da­do por qual­quer das mar­cas envolvi­das, nem faz parte de nen­hum acor­do entre mim e as respeti­vas empre­sas. Tão pouco rece­bo algum bene­fí­cio pelos links colo­ca­dos nele ou qual­quer com­pra que daí resulte.

A XF 90mm F2.0 R LM WR é con­sid­er­a­da pelos difer­entes espe­cial­is­tas que a tes­taram, como uma das mel­hores obje­ti­vas da Fuji­film para o sis­tema X. Desta­cam a sua nitidez, rapi­dez de auto-foco e lumi­nosi­dade. É apon­ta­da como uma exce­cional obje­ti­va para retra­to, mas tam­bém parece ser (ou é referi­da como) muito boa para desporto “indoor”.

Con­tin­uar a ler Breve exper­iên­cia com a Fuji­film Fuji­non XF 90mm F2.0 R LM WR
Publicado em Deixe um comentário

Fujifilm X system no Millennium Estoril Open 2019

Vamos começar por deixar claro que a Fuji­film X‑T3 é sem margem para dúvi­das uma excep­cional câmara todo-o-ter­reno, ide­al para o fotó­grafo que um dia está a faz­er reportagem social, no out­ro tra­bal­ho de estú­dio e ter­mi­na a sem­ana a faz­er a cober­tu­ra de um even­to desporti­vo (indoor ou out­door). Equiparan­do-se ou, mes­mo supe­ri­or­izan­do-se às câmaras da con­cor­rên­cia, o sis­tema da Fuji­film desta­ca-se pelo peso infe­ri­or e pelo preço que chega a ser menos de metade do das mar­cas con­cor­rentes.

Con­tin­uar a ler Fuji­film X sys­tem no Mil­len­ni­um Esto­ril Open 2019
Publicado em 2 comentários

Cartas para a minha filha — Bases da Fotografia — Abertura e Velocidade


Termos que precisas de entender.

Aber­tu­ra (Av): Aber­tu­ra do diafrag­ma, maior ou menor diâmetro de aber­tu­ra do diafrag­ma. Depen­den­do da aber­tu­ra, vai entrar mais ou menos luz para sen­si­bi­lizar o sen­sor. Mede-se em pon­tos de diafrag­ma que podem ser de 1,2 – 2 – 2,8 – 4 – 5,6 – 8 – 11 – 16 – 22 … Por cada pon­to de diafrag­ma a mais, este “fecha” (diâmetro menor). Por cada pon­to do diafrag­ma a menos, este “abre” (diâmetro maior). Quan­do pas­samos de 4 para 5.6, dize­mos que fechamos um diafrag­ma. Quan­do pas­samos de 5.6 para 4, abri­mos um diafrag­ma. Os pon­tos de diafrag­ma são chama­dos números F (f2.8, f4, f5.6…)

Con­tin­uar a ler Car­tas para a min­ha fil­ha — Bases da Fotografia — Aber­tu­ra e Veloci­dade
Publicado em Deixe um comentário

O Alfa Romeo Giulietta Spider da Bertone

Alfa Romeo Giulietta by Bertone, Cascais classic Motor Show. | Fotografia de JoaoLamares ©JoaoLamaresPhoto
Alfa Romeo Giuli­et­ta by Bertone, Cas­cais clas­sic Motor Show. | Fotografia de Joao­La­mares ©Joao­La­mare­sPho­to

Em Agos­to de 2015, por ocasião do Cas­cais Clas­sic Motor­sh­how, estiver­am pela primeira vez pre­sentes, em simultâ­neo no mes­mo espaço, os dois mod­e­los do Giuli­et­ta Spi­der que a Bertone (mod­e­lo cas­tan­ho) e a Pin­in­fa­ri­na (mod­e­lo bran­co) cri­aram em 1956 como pro­pos­ta para o futuro mod­e­lo descapotáv­el que a Alfa Romeo que­ria pro­duzir. Na altura notí­ciei na JLpress (ain­da em fase exper­i­men­tal), a efeméride con­segui­da pela orga­ni­za­ção do even­to e o cole­cionador Cor­ra­do Lopresto que jun­taram em Cas­cais dois mod­e­los que, até à altura não tin­ha sido pos­sív­el ver jun­tos num mes­mo espaço.

Con­tin­uar a ler O Alfa Romeo Giuli­et­ta Spi­der da Bertone